quinta-feira, 31 de março de 2011

JAPÃO E AS PLACAS TECTÔNICAS

 (Infográfico: Luciana Pimenta e Pedro Turano/ O POVO)

Japão está localizado entre três placas tectônicas


A llocalização do arquipélago japonês, situado entre três placas tectônicas, ajuda a explicar a frequência com que o país oriental sofre abalos sísmicos e a magnitude com que isso acontece.
Placas tectônicas são blocos rochosos, alguns de dimensões continentais, que dão sustentação à superfície da Terra.
O arquipélago do Japão está localizado entre as placas Eurasiana, das Filipinas e do Pacífico. (veja infográfico).
Cada placa resulta de "colagens" de placas anteriores, formadas há milhões de anos. Por isso, sua formação é cheia de falhas.
Basicamente, é a movimentação dessas falhas que provoca terremotos. Podem causar também deslizamentos de terra, tsunamis e até mudanças na rotação do planeta.

Entenda o que causou o terremoto no Japão

País está localizado em uma falha geológica, onde placas tectônicas se encontramO tremor de 8,9 graus na escala Richter que atingiu o Japão na última sexta-feira (11) foi o mais forte registrado no país nos últimos 150 anos, desde que começaram as medições científicas.De cada dez terremotos que ocorrem no mundo com mais de seis graus na escala Richter, dois acontecem no Japão. O arquipélago fica exatamente sobre uma falha geológica onde três grandes placas tectônicas se encontram.Quando o sismo se passa debaixo do oceano, ele desloca uma enorme quantidade de água, formando um tsunami.





 
 




Nenhum comentário:

Postar um comentário