quinta-feira, 2 de junho de 2011

ÌNDIA / GAROTA QUE SANGRA SEM FERIMENTO

Garota adolescente na Índia, sangra pelo corpo, pele e olhos há 3 anos, sem nenhum ferimento.





O sangramento espontâneo da menina é um desafio para a ciência.
Twinkle Dwivedi, 14 anos, a garota indiana que sangra pelo corpo há 3 anos.
A garota indiana Twinkle Dwivedi, 14 anos, perde sangue pela pele e pelos olhos, de 20 a 50 vezes por dia, sem sentir dor alguma e sem nenhum ferimento. Os médicos não encontram explicação e o caso já se estende há 3 anos na Índia.
O conceituado hematologista inglês George Buchanan foi à Índia para estudar o caso da garota adolescente que sangra pelo corpo e ficou surpreso. Twinkle chora sangue e transpira sangue sem nenhuma explicação.
“É fisicamente impossível para o sangue passar pela pele intacta. Mas eu não vi nenhum sinal de corte ou machucado no corpo de Twinkle, afirmou Buchanan, que investiga se a garota adolescente de 14 anos está causando os sangramentos para chamar atenção. Mas a menina afirma que não.
Em razão dos sangramentos, Twinkle já perdeu dois anos de estudos. As escolas indianas não aceitam a garota porque ela assusta os outros estudantes. Tudo que a garota Twinkle deseja é voltar para sua vida normal, de quando ela tinha 11 anos.
Garota indiana que perde sangue pelos olhos, couro cabeludo, nariz, pescoço e sola dos pés.
A mãe de Twinkle, Sra. Nandani Diwedi, disse ao Telegraph, que está desesperada para ajudar a filha, que vive pálida e fraca. Já procurou médicos e vários líderes religiosos, mas não consegue resolver o problema do sangramento. Os médicos indianos acreditam num estranho transtorno de plaquetas sanguíneas, mas também não sabem como curar a garota.
Há 3 anos, Twinkle faz transfusões para compensar as constantes perdas de sangue pelos olhos, couro cabeludo, nariz, pescoço e sola dos pés, mas o que mais aflige a garota Twinkle não é acordar coberta de sangue seco e sim, o preconceito e a discriminação que ela sofre na comunidade em que vive na Índia, por acharem que ela é uma garota amaldiçoada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário