sexta-feira, 29 de agosto de 2014

PEDRESTRES DE 15CM EUROPA \ PEDRESTRIANS 15CM EUROPE





Homens de 15 cm invadem a Europa

Men 15cm invade Europe


  (Foto: Isaac Cordal)

De Londres à Croácia, o pintor e escultor Isaac Cordal vem intrigando pedestres por toda a Europa, com as instalações do seu projeto Cement Eclipses. As obras consistem em pequenos homens emburrados de 15 cm de altura, inseridos nos mais inusitados cenários urbanos, como fontes e poças-d’água. “Estas instalações são o meu modo de interpretar o sistema social que criamos, e, deste modo, as cenas que monto resumem comportamentos reconhecíveis que precisam mudar”, explica o artista ativista, que aposta no caráter crítico da arte, sem dispensar o humor.

London to Croatia, the painter and sculptor Isaac Cordal has intrigued pedestrians across Europe, with the facilities of your project Cement Eclipses. The works consist of small sullen men of 15 cm, placed in the most unlikely urban settings, such as fonts and puddles waterline. "These facilities are my way of interpreting the social system we have created, and thus the scenes ride summarize recognizable behaviors that need to change," said the activist artist who bet on the critical nature of the art, without giving mood.

As fotos  foram tiradas na sua última intervenção, em Viena, Áustria.
The photos were taken in his last speech in Vienna, Austria.

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)

  (Foto: Isaac Cordal)


  O trabalho também se propõe a ser um alerta sobre a preservação do meio ambiente e os perigos da mudança climática que vem se desenvolvendo. De fato, a sua escolha dos cenários é em si um discurso – “o cimento é nosso legado na natureza”, diz ele. As estatuetas são produzidas num estúdio e transportadas para “o mundo real” dentro da mochila de Cordal. Enquanto o artista circula pelas cidades, procura locações ideais de inserção das figuras. “As pessoas me perguntam se criei também os buracos na rua onde coloco os homenzinhos”, brinca o escultor. O nível de detalhe das peças explica a fascinação do público.
No entanto, nem todos podem ver suas instalações, já que elas são constantemente atacadas pelos serviços municipais de limpeza e curiosos que decidem, por assim dizer, privatizar sua intervenção pública, levando as estátuas para casa. “Gosto de trabalhar com espaços públicos, pois eles proporcionam o elemento da surpresa. Prefiro que as peças fiquem na rua, mas, se as levarem embora, ao menos me mandem fotos para que eu saiba que meus homens estão bem”, comenta em tom lúdico.

The work also aims to be a warning about the preservation of the environment and the dangers of climate change that is evolving. In fact, your choice of scenarios is itself a speech - "Concrete is our legacy in nature," he says. The figurines are produced in a studio and transported to the "real world" inside the backpack Cordal. While the artist circulates through the cities, looking for ideal locations for insertion of figures. "People ask me if I have created the holes in the street where I put the little men," jokes the sculptor. The level of detail of the piece explains the fascination of the public.

However, not everyone can see your premises, since they are constantly attacked by the municipal cleaning services and onlookers who decide, so to speak, privatize their public intervention, taking home the statues. "I like working with public spaces because they provide the element of surprise. Prefer that the parts are on the street, but if the lead though, at least send me photos so I know that my men are well, "said in playful tone.



fonte : http://casavogue.globo.com/Curiosidades/noticia/2012/11/miniaturas-macabras-europa.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário